SAUDADE

 

…envolvida no abraço do filho que viajou pra longe e agora está de volta. Um abraço que não pode ser muito longo, pois tem outros amores querendo sentir o cheiro, o toque desse homem filho, deste homem neto, deste homem irmão, agora tão mais alto, me parece! (Ou eu estou menor?! Dizem que encolhemos ao envelhecer…)
Tão amado que esteve ao longo da ausência muitas vezes conosco, pela telinha do computador, com as vozes embargadas de saudade.
Eu fico a imaginar as mães de outros tempos em que só as cartas consolavam. Cartas que, mesmo depois de muito viajar para chegar as suas mãos, ainda conservavam o cheiro do ser amado. E elas liam e reliam, e apertavam contra o peito o papel “cheio” do filho.
Saudade: palavra da língua portuguesa, sentimento de dolorido igual no coração de qualquer vivente.

Anúncios

Um comentário sobre “SAUDADE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s