MOMENTOS

Faz-me bem olhar o céu, sentir o frescor do entardecer de um dia de verão que se despede. Este céu, neste lugar de onde te falo, já me ofereceu os mais diversos quadros, os mais diversos tipos de nuvens: Nuvens de algodão, nuvens espessas, nuvens andantes, entremeadas de luz, pesadas de chuva.
Dizem que felicidade é feita de momentos.
Então?! Já fui tão feliz aqui.
Mas venho aqui também quando estou triste pois os “tipos de céu” me distraem e me distanciam de qualquer amargor, pois me fazem reencontrar o verdadeiro sentido da vida. Quando não venho pra ver o céu, venho para ler. Fugindo das salas, dos quartos, lugares que me limitam. Sento aqui e leio o que me fortalece o espírito, o que me ajusta à condição de espírito eterno que sou, que somos todos!
Leio tudo que me dá subsídios para vivenciar, da melhor forma, a convivência com meus amores e desamores.
Gosto do céu porque ele é mutante. Nem sempre é céu azul dia ou céu azul noite. Como a vida, às vezes se fecha e se nubla. Como a vida as nuvens se colorem de cinzas ou com cores que jamais se imagina possam ser coloridas, as nuvens e os dias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s