PASSADO… PRESENTE

 

Passando de carro por aquele prédio imponente, onde trabalhou por tantos anos, Juliana chorou. Chorou pelas tantas vezes que chorou no trajeto até ali depois de noites mal dormidas esperando, com o coração aos pulos de raiva e dor, seu amor, o amante, o divertido, mas também tão difícil companheiro. Quantas vezes a dor transformada em lágrimas lhe turvaram a visão do trânsito fazendo-a encostar o carro no meio fio e, soluçando, pedindo a Deus forças para chegar ao trabalho, sustento dos três filhos. Estacionou e sentou num banco da praça e assim de frente para o prédio se sentiu vitoriosa. Hoje vive um momento  feliz, com outro companheiro, este sim amor amante, amigo, parceiro.  Nem tudo são flores, como se diz comumente, mas estar com alguém que lhe traz serenidade e certezas é luxo de convívio. Juliana é daquelas mulheres que não se entregam na primeira dificuldade, firme e determinada, segue com a vida dando apenas o exato valor que a dor ou a alegria lhe impõem. De riso fácil, simpatia natural e encantadora. Sempre angariou admiradores aos magotes. Os mais variados e em todos os lugares. Não que fosse desfrutável, pelo contrário, media o gajo pelo que valia no quesito (dentro de padrões rígidos)do quanto  eles  lhe dariam o devido valor. As amigas ficavam surpresas com sua capacidade de conquista. Hoje ainda se vê  seu poder de encantadora de homens quando se afasta  do marido (que temos certeza pra sempre conquistado) numa roda social.  Ele fica assim, todo envolvido pelo seu andar, pelo seu sorriso, pela desenvoltura com que se comunica com todos, pela alegria contagiante. Homem grande, de presença marcante, se acomoda melhor, se sentado, buscando driblar todos os obstáculos para contemplá-la por inteiro. Quem compartilha da mesa com ele nestes momentos se torna quase ignorado e, uma vez ignorados,  seguem aquele olhar que carrega junto  um sorriso de satisfação escancarado naquele olhar azul. Fatalmente vamos encontrar a figura livre, leve e solta da mulher que o encantou numa manhã de verão. Ela, brejeiramente, de tanto e tanto, se volta encontra aquele olhar todo terno e  lhe devolve um olhar!!!! Fulminante…

Anúncios

3 comentários sobre “PASSADO… PRESENTE

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s